20 de mai de 2011

30

com os pés gelados
leio haicais. Na madrugada
desta noite fria


Um comentário: